"Neste terceiro livro da série Crônicas Lunares, Cinder e o capitão Thorne estão foragidos e agora levam Scarlet e Lobo a reboque. Juntos, eles planejam derrubar a rainha Levana e seu exército.
Suas esperanças estão em Cress , uma garota aprisionada em um satélite desde a infância, com a companhia apenas de telas, o que fez dela uma excelente hacker. Coincidência ou não, infelizmente ela também acabou de receber ordens de Levana para rastrear Cinder e seu bonito cúmplice.
Quando um ousado plano de resgatar Cress dá errado, o grupo se separa. Cress enfim conquista a liberdade, mas o preço a se pagar é alto. Enquanto isso, Levana não vai deixar que nada impeça seu casamento com o imperador Kai. Cress, Scarlet e Cinder talvez não tenham a intenção de salvar o mundo, mas muito possivelmente são a última esperança do planeta."

Autora: Marissa Meyer
Editora: Rocco
Páginas: 480
Classificação: 4.5/5 ♥
Formato da leitura: E-book (Inglês)

A resenha contêm spoilers de Cinder e Scarlet

Cress é uma personagem que já havia feito breves aparições nos livros anteriores da série, porém no terceiro livro se torna uma das protagonistas. Ela é uma hacker excepcional, que viveu sua vida inteira presa em um satélite. O motivo? Cress é uma Lunar sem poderes, uma Shell (Concha). Quando crianças, as "conchas" são retiradas de seus lares, e seus pais nada podem fazer. Para eles, ter sua criança levada pelo governo, representa a sentença de morte da criança. Ao longo da trama, descobrimos o verdadeiro destino destas crianças.

Logo no início da estória, a tripulação à bordo da Rampion, a nave espacial de Thorne, se dirige ao satélite de Cress para resgata-lá. Porém, o resgate não dá certo: A tripulação acaba se separando por conta de uma confusão com com a guardiã da Cress, Sybil, Jacin e Scarlet, sendo que Thorne e Cress continuam no satélite, que saí de sua órbita e acaba atingindo à Terra em uma região desértica.

“Talvez não haja algo como o destino. Talvez sejam apenas as oportunidades que nos são dadas, e o que nós fazemos com elas.”

Desde os livros anteriores, Cress já havia idealizado Thorne como seu príncipe de armadura dourada, e quando ele aparece para salvá-la, ela percebe que está irremediavelmente apaixonada por ele. Thorne desde o início a trata como uma irmã mais nova e parece não corresponder aos seus sentimentos. Mas ela precisa colocar seus sentimentos por ele de lado e encarar sua realidade. Pois, durante a queda do satélite, Thorne acaba perdendo a visão!
“- Capitão - ela murmurou. - Eu acho que estou apaixonada por você.-
Uma sobrancelha ergueu-se. Ela contou seis batidas do coração dele antes que, de repente, ele risse.
- Não me diga que você levou dois dias inteiros para perceber isso. Eu devo estar perdendo o meu charme.”

Agora os dois precisarão se virar para sobreviver, ela que viveu a vida inteira trancada em seu satélite, e ele a se guiar e aprender a conviver com sua cegueira. Enquanto isto, Cinder e o resto da tripulação precisam bolar inúmeros planos: Salvar Cress e Thorne na Terra, Scarlet em Luna e para salvá-la, planejar como irão chegar à Luna sem serem descobertos.

O que posso comentar deste livro sem falar em spoilers? Esta série fica ainda melhor a cada livro! Amei a personagem da Cress, que havia feito apenas breves aparições nos livros anteriores, e ainda mais ao Thorne, que é um dos meus personagens preferidos da série, ele é o tipo de personagem que faz piada de sua própria situação!

“Eu prometo, eu não irei te deixar morrer sem ser beijada.”

Durante o livro muitos segredos são revelados: Descobrimos mais sobre Luna, sobre Levana, sobre Cinder... Há muitas emoções nesse livro, e uma cena em particular que me arrancou lágrimas... Temos inclusive algumas cenas que se passam em Luna, e com isso podemos ter uma ideia melhor sobre como é morar neste satélite natural.

Quando li Cress, ainda faltavam alguns meses para o lançamento em dezembro de Winter, e eu havia lido aos três primeiros volumes de uma vez. O final de Cress me deixou ainda mais ansiosa pelo quarto e último livro da série, que já li e resenharei em breve. Esperar pelo lançamento de Winter foi uma tortura, hehe, mas valeu à pena! Recomendo esta série para todos os amantes de releituras de contos de fadas e aos amantes de ficção científica. Lembrando que a imagem foi retirada do Pinterest e não me pertence.

Deixe um comentário

Seu comentário será sempre bem vindo!

Divulgação de blogs